"Quando sua determinação muda, tudo o mais começa a se mover

em direção ao seu desejo".

3 de jan de 2009

GOSHO - O fácil parto de uma criança afortunada

(Shijo Kingo Nyobo Gosho - Pág.1109)

Soube que logo dará a luz. Condescendendo ao seu pedido de gohifu de fácil parto, preparei um escolhendo-o dentre o conhecimento que herdei. Contudo, deve possuir firme fé a fim de receber seus benefícios. Mesmo um remédio de rara virtude produzirá pouco efeito se veneno for adicionado a ele. Que utilidade terá uma espada a um covarde?
Acima de tudo, tanto a senhora como o seu marido são seguidores do Sutra de Lótus. A senhora seguramente dará à luz uma jóia de criança que dará seguimento à semente da propagação do Sutra de Lótus. Eu os parabenizo com toda a sinceridade. A criança herdará tanto os aspectos físicos como espirituais de suas vidas. Como poderia sofrer um parto prolongado? A criança certamente nascerá facilmente. Se tomar este gohifu, não pode haver dúvidas. A escuridão torna-se luminosa quando uma lâmpada é acesa, e a água lamacenta torna-se clara quando a luz brilha sobre ela.
Há algo mais radiante do que o sol e a lua ? Há algo mais puro do que a flor de lótus? O Sutra de Lótus é o sol e a lua, e a flor de Lótus. Portanto, é denominado Myoho-rengue-kyo (O Sutra da Flor de Lótus da Lei Mística). Nitiren é também como o sol e a lua, e também como a flor de Lótus.
Se a água da fé for clara, a lua de benefícios lançará seu reflexo sobre a mesma e, sem dúvida, protegerá a pessoa. Um parto fácil está assegurado para a senhora. Uma passagem do Sutra de Lótus afirma: "Uma Lei maravilhosa como esta…"e uma outra "Como o fácil trabalho de parto, darão à luz uma criança afortunada…". Expliquei em detalhes a Ben-ko sobre as instruções oralmente transmitidas referentes ao gohifu. Deste modo, Ben-ko é o enviado do Buda. Tenha seriedade em sua fé.
A deusa do Sol, Amaterasu Omikami concedeu uma gema ao deus da tempestade Susanoo no Mikoto, que, por sua vez, obteve a gema de um menino. Por esta razão, ela chamou a criança de seu próprio filho e deu-lhe o nome de Masaya Akatsu (Verdadeiramente Eu Conquisto). Como eu, Nitiren, provi a sua criança da semente de um fácil nascimento, ela será como a minha própria filha. O Sutra de Lótus declara que existe "um gema de mundos", e também proclama: "Obtivemos o supremo aglomerado de jóias sem esperá-lo". O buda Sakyamuni pronunciou: "Os seres vivos nele (o mundo tríplice) são todos meus filhos". A minha intenção também concorda exatamente com a que o Buda expressou nessas passagens. Quão feliz e quão auspicioso é o nascimento, que se aproxima, de seu filho! Escreverei novamente em uma outra ocasião.
Respeitosamente,
NitirenSétimo dia do quinto mês no oitavo ano de Bun'ei (1271)
Fundo de Cena
Esta carta é datada de 7 de maio de 1271, e foi endereçada a Nitiguennyo, a esposa de Shijo Kingo, em Kamakura. Esta é a mais antiga de muitas escrituras existentes que Nitiren Daishonin enviou à família Shijo. Nitiren Daishonin estava vivendo em Matsubagayatsu, Kamakura, na época desta escritura.
Muito naturalmente, Nitiguennyo tornou-se cada vez mais apreensiva e nervosa à medida que se aproximava o nascimento de seu primeiro filho. Ela solicitou a Nitiren Daishonin que lhe concedesse um agente místico chamado gohifu, para que pudesse ter um parto tranquilo. Ele enviou-lhe imediatamente por intermédio de Ben Ajari Nissho, a sua primeira conversão entre o clero, juntamente com esta carta de incentivo. Nesta, Nitiren Daishonin prescrevea Nitiguennyo que tome o gohifu, que ele havia preparado especialmente para ela, com firme fé no Sutra de Lótus. Ao mesmo tempo, ele assegura-lhe um parto fácil, dizendo que a criança vindoura herderá a semente da propagação do Sutra de Lótus. Ele encerra expressando a sua grande alegria pelo nascimento do filho de Nitiguennyo.
Em 8 de maio, o dia seguinte do recebimento da carta, Nitiguennyo deu à luaz a uma menina. O casal há muito desejava um filho, mas não conseguia tê-lo. Shijo Kingo já estava com 40 anos quanto esta primeira filha nasceu (a segunda, Kyo'o, nasceu um ano depois), e, por esta razão, a criança deve ter sido especialmente preciosa para o casal. Shijo Kingo enviou a notícia do seguro parto a Nitiren Daishonin, que imediatamente remeteu uma carta de congratulações, 'O Nascimento de Tsukimaro'.
Juntamente com a notificação do nascimento, Nitiguennyo mandou-lhe um pedido de que Nitiren Daishonin atribuísse um nome à criança, e este, com alegria, chamou-a Tsukimaro (menina da lua cheia). Ele ficou tão feliz como se fosse a sua própria filha, uma vez que havia orado pelo bem-estar e felicidade de Nitiguennyo.

As mais Belas Histórias Budistas - As Escrituras de Nitiren DaishoninEndereço: http://www.vertex.com.br/users/san/goshos e-mail: sandro@vertex.com.br

Nenhum comentário: