"Quando sua determinação muda, tudo o mais começa a se mover

em direção ao seu desejo".

4 de jan de 2009

Fé, Prática e Estudo

Shin-gyo-gaku

O princípio budista de "fé, prática e estudo" é a diretriz fundamental que explica a forma correta de praticar o Budismo de Nitiren Daishonin.
A "fé"' é o ato de acreditar nos ensinos de Daishonin como a mais elevada religião desta era dos Últimos Dias da Lei. A "prática" consiste em praticar corretamente o budismo em exata conformidade com seus ensinamentos. O "estudo" refere-se ao ato de buscar o aprendizado dos ensinos budistas. Quando se falha em qualquer um desses três itens, não é possível desenvolver uma prática correta do Verdadeiro Budismo.
Nitiren Daishonin definiu a diretriz de "fé, prática e estudo" conforme as seguintes palavras que constam na escritura "O Verdadeiro Aspecto de Todas as Leis": "Creia no Gohonzon, o supremo objeto de adoração do mundo, e desenvolva uma fé suficientemente forte e capaz de gerar a proteção de Sakyamuni, Taho e todos os outros budas. Empenhe-se também nos dois caminhos da prática e do estudo. Sem a prática e o estudo não pode haver budismo. Ninguém deve somente se autoperseverar, mas também ensinar a doutrina budista para outras pessoas. Tanto a prática como o estudo originam-se da fé. Ensine o budismo para os outros com o máximo de sua habilidade, mesmo que seja apenas uma única sentença ou frase."
Essa passagem ensina que o Gohonzon é o supremo objeto de adoração, isto é, o mais perfeito objeto para o qual devemos devotar nossa fé, e que essa fé no Gohonzon deve ser "suficientemente forte e capaz de gerar a proteção" por parte das funções protetoras. Nitiren Daishonin enfatiza também a importância do empenho concreto na "prática" e no "estudo" tendo a "fé" como base. Mesmo que uma pessoa acredite no Gohonzon mas não se empenha na prática, essa crença não vai além de uma "fé" meramente teórica. É uma fé que não se enquadra no padrão de crença budista.
Para aprofundar a fé e fortalecer a prática é necessário buscar nos ensinos de Nitiren Daishonin o correto aprendizado sobre a fé e a prática. Isso equivale ao "estudo".
Daishonin declara que "sem a prática e o estudo não pode haver budismo". Isso significa que o vivo pulsar do budismo pode ser gerado na vida diária somente por meio do concreto empenho na fé e na prática. Ele ensina também que a fé é a base da prática e do estudo, pois "tanto a prática como o estudo originam-se da fé". Em outras palavras, a "fé" se manifesta na forma ativa de "prática" e "estudo". Como conseqüência do empenho na prática e no estudo, pode-se experimentar a grandiosidade do budismo na vida diária pela comprovação dos benefícios, o que torna a fé ainda mais forte e inabalável.
A fé no Gohonzon é a base do exercício budista
Nitiren Daishonin revelou a essência do budismo na forma do Gohonzon. Portanto, acreditar fervorosamente no Gohonzon é a base fundamental do exercício budista.
Nitiren Daishonin definiu a fé da seguinte forma na escritura "Resposta à Dama Nitinyo": "O mais importante é recitar o Nam-myoho-rengue-kyo de tal modo que possa alcançar o estado de Buda. Tudo depende da força de sua fé. O budismo toma a fé como a fonte fundamental da iluminação." Por outro lado, Daishonin registrou o seguinte na escritura "Carta a Niike": "Conhecimento sem fé é uma descrição daqueles que são versados mas não acreditam na doutrina. Essas pessoas jamais atingirão o estado de Buda. Aqueles que têm fé sem conhecimento podem estar privados do conhecimento sobre a doutrina, mas, uma vez que nela acreditam, podem atingir o estado de Buda." Essas frases expressam a importância da fé como base da prática do budismo.
Prática individual e Prática altruística
A "prática e a ação concreta da fé que acredita no Gohonzon e possui dois aspectos: "prática individual" e "prática altruística". Essas duas formas de prática são como as rodas de um carro, uma completa a outra.
A prática individual é o empenho para obter os benefícios para o bem de si mesmo. A prática altruística refere-se ao ato de ensinar o budismo para beneficiar a vida de outras pessoas.
Na escritura "Questões sobre os Três Grandes Ensinos Fundamentais", Nitiren Daishonin declara: "O Daimoku que Nitiren recita agora no início dos Últimos Dias da Lei é o Nam-myoho-rengue-kyo que abrange tanto a prática individual como a altruística." Afirma também o seguinte na escritura "Perguntas e Respostas sobre Abraçar o Sutra de Lótus": "Recite determinadamente o Nam-myoho-rengue-kyo e recomende os outros a fazerem o mesmo. Isso permanecerá como a única lembrança da sua presente vida no mundo humano."
Conforme essas frases, uma pessoa deve recitar o Daimoku acreditando no Gohonzon e, ao mesmo tempo, empenhar-se em ensinar a fé no Gohonzon e os benefícios da prática para outras pessoas. Essa é a prática correta no Budismo de Nitiren Daishonin.
De forma concreta, a prática individual refere-se à recitação do Gongyo e do Daimoku, e a prática altruística indica a propagação do budismo e as atividades para o desenvolvimento do Kossen-rufu.
Estudo para aprofundar a fé e fortalecer a prática
O "estudo" consiste em aprender os princípios filosóficos do budismo com base nas escrituras deixadas por Nitiren Daishonin.
O objetivo do estudo é aprofundar a fé e fortalecer a correta prática. Por essa razão, um mero estudo do budismo sem a correspondente ação é o mesmo que não aprender nada.
O presidente Ikeda sintetizou as finalidades do estudo do budismo nos seguintes itens:
(1) Estuda-se o budismo para adquirir uma correta visão da vida, da sociedade e dos objetivos.
(2) Estuda-se o budismo para nutrir a prática da fé e o empenho nas atividades.
(3) Estuda-se o budismo para avançar e crescer dia após dia.
(4) Estuda-se o budismo para cultivar a capacidade de orientação e para prestar incentivos a todos os companheiros.
Por outro lado, quando uma pessoa fortalece a fé no Gohonzon através do estudo do budismo, torna-se também capaz de sanar suas dúvidas com relação à prática da fé como também de vencer as mais duras dificuldades da vida.

Preciosa Colaboração de Marcio Rangel e-mail ongakutai@ig.com.br

Nenhum comentário: